Decoração de interiores

A nossa casa

Espaços com pouca luz natural

A decoração é um toque essencial numa casa, especialmente na nossa.

A nossa casa deve ser comoda, encantadora aos olhos de quem a habita e, essencialmente, confortável e acolhedora, pois é o espaço onde retemperamos e recuperamos forças para o embate do “corre corre” e stress quotidianos.

Falemos de espaços com pouca luminosidade, pouca entrada de luz natural. Esses espaços, grandes ou pequenos, devem ser marcados de preferência por leveza, funcionalidade, linhas práticas pouco ornamentadas e de cores leves ou vivas.

Paredes

As paredes devem ter cor clara e leve, como o branco ou o bege e/ou pastéis bem claros. O branco normalmente tem a vantagem de combinar bem com todo o tipo de decoração. Os tons escuros, tanto nas paredes como no mobiliário geram um efeito contrário de “saturação” que forçosamente diminui a luminosidade ambiental.

Mobiliário

O mobiliário deve ser dotado de linhas práticas, pouco ornamentadas, com poucos detalhes, e de cores leves ou vivas. As cores claras têm a vantagem de deixar a decoração mais simples e as tonalidades vibrantes são perfeitas para quem deseja um ambiente mais irreverente e arrojado. Cores como vermelho, roxo, amarelo e turquesa são excelentes em, sofás, poltronas ou almofadas, por exemplo, todavia não devem ser cometidos excessos.

Sala visão lateral

Poderá ainda, se gostar, dar um toque clássico, de contraste, no moderno e linhas direitas colocando uma poltrona clássica enquadrada nos tons do ambiente decorativo.

Tapetes de modelo básico

Os tapetes devem ser lisos e simples, felpudos ou não, devem ser para o claro ou podem ser de cor vibrante desde que bem enquadrada na restante decoração e, de preferência, quadrados ou retangulares.

Espelhos

Os espelhos, com moldura ou sem moldura, são um excelente recurso decorativo em casa com pouca luz natural, especialmente eficazes em espaços pequenas porque permitem ampliar, visualmente, a dimensão ou espaço de uma divisão. Genericamente, devem ser colocados em paredes opostas às janelas para que reflitam a luz pelo espaço conferindo-lhe mais luminosidade ou, estrategicamente, colocados com uma peça de mobiliário.

Tapeçaria na parede

Tapeçaria e poltrona

Se o espaço tiver pouca luminosidade natural e não for de pequenas dimensões, existindo paredes amplas e claras, pode colocar uma tapeçaria dentro dos tons com que presenteou a sua decoração desse espaço como na foto.

 

 

 

O Editorial espera que o leitor tenha gostado das sugestões decorativas para espaços com pouca luminosidade natural.

Publicado por

editorial

Helena Navalho é jurista. Licenciou-se em História pela Faculdade de Letras e em Direito pela Faculdade de Direito (Universidades de Lisboa) e vem falar da ferramenta jurídica que está presente no quotidiano do cidadão comum.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *